Home

Conversando com amigos, familiares, colegas e jovens por aí, percebi que o ano de 2015 não teve uma vibe positiva em geral. São reclamações constantes sobre a situação econômica do país, as poucas oportunidades do mercado de trabalho, a redução no orçamento, a dificuldade com escolhas, as decepções com diferentes pessoas e por aí vai.

Ao longo dos últimos meses, muitos pensamentos negativos também passaram pela minha cabeça. “Poxa, quantas coisas tive que abrir mão”, “Melhor não arriscar com isso”, “Que ruim, terei que reduzir A e B pra poder manter C”, “Quanta gente está perdendo os seus empregos”, “Quando será que vai melhorar?”… Mas cá entre nós, alguma coisa estava muito errada pra ser um ano tão ruim, não podia estar certo! 

Emaranhada nesses pensamentos, fui surpreendida no último final de semana com um post sugestivo do Facebook para rever bons momentos de 2015. Voilá! Encontrei as respostas que estava buscando. Olhei as fotos antigas e me lembrei de momentos muito especiais. Aproveitei o embalo pra rever o meu Instagram, as coisas que fizemos no 20 e poucos 20 e tantos, as minhas anotações, a minha lista de objetivos para o ano e o meu painel de desejos do Pinterest. Quanta coisa aconteceu, quantas surpresas boas, amizades fortalecidas, quantos encontros inesperados e contatos estabelecidos!

Sabe, a gente fica tão envolto na névoa da crise que deixa de reparar nos bons momentos e nas conquistas diárias. É tanta notícia ruim que nos esquecemos de celebrar o que foi bom. As melhores coisas são as experiências que criamos, vivenciamos e valorizamos.

Por isso, antes de finalizar o ano, faça uma revisão dos seus melhores momentos. Veja as fotos que você postou nas redes sociais e olhe também aquelas que estão no seu celular – sim, aquelas mais bobas, espontâneas e divertidas que você guardou apenas para você e para os seus melhores amigos. Repasse o calendário e contemple os momentos importantes que você teve em seu trabalho e em seus estudos. Lembre-se dos lugares novos que você conheceu e também dos antigos, que você adorou voltar. Reflita sobre as pequenas atitudes que você tomou que se mostraram grandes mudanças.

Agora, me diz, como foi o seu ano de 2015?

O que você pode fazer de diferente em 2016 para olhar para trás e sentir orgulho do seu ano? Como você pode fazer para se lembrar mais vezes das suas conquistas diárias? Desapegue da crise e conecte-se com você para viver a sua melhor versão no momento presente 🙂   

Com carinho,

Livia Antonelli.

destaques02

Obs: Nas próximas semanas, darei algumas dicas para entrar desde já em uma vibe positiva para o próximo ano, fique de olho no blog 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s