Home

Priscilla Adduca é baiana e cursou Direito. Na metade da graduação ela percebeu que não seria feliz como advogada. Depois da faculdade, começou a trabalhar na área de Marketing, mas decidiu largar tudo para morar em São Paulo e encontrar aquilo que realmente trouxesse satisfação para a sua vida. Ela montou com uma amiga uma marca de moda praia, mas não deu certo. Depois, recebeu um convite para trabalhar com produção de conteúdo para redes sociais e adorou a oportunidade!

Ela se encantou pela área e começou a se questionar sobre ter um projeto próprio, afinal, com o poder das redes sociais, poderia aliar as suas paixões e interesses para fazer o bem para mais pessoas e ajudá-las a encontrarem seus caminhos. Foi aí que lançou o Mulheres que Inspiram no Instagram. A proposta da Priscilla é entrevistar mulheres corajosas, que decidiram seguir seus corações e usar a criatividade e os seus talentos para fazerem o que amam e dar sentido à vida. Demais né? ❤

“Tenho muitas paixões e escolher apenas uma seria frustrante. Quero explorar todas as áreas! E é por esse motivo que sempre me pego fazendo as mesmas perguntas: O que me inspira? O que me motiva? O que me empolga? Qual o meu propósito nesse planeta? Será que cada um de nós veio ao mundo com um talento especial? Em busca dessas respostas, resolvi coletar histórias. Lancei o Mulheres no dia 15 de setembro e de lá pra cá conheci muita gente talentosa.” – Priscilla Adduca, fonte: Follow The Colours 

“Ana e Bárbara são a dupla criativa à frente do BUJI. Unidas pelo amor à decoração, criaram um estúdio em que acreditam que é possível transformar espaços em ambientes bonitos, funcionais e sustentáveis gastando pouco e evitando quebra-quebra. ‘A gente organiza e decora utilizando ao máximo o que a pessoa já tem e comprando o mínimo possível. Gostamos de renovar com pintura, papel de parede, adesivo no armário, mudando os móveis de lugar ou dando uma nova função pra eles.'(…)”- Fonte: Página Mulheres que Inspiram 

“Juliana Luna nasceu no Rio de Janeiro, mas já morou em diversos lugares do mundo. Morou em Roma e NY, onde fez faculdade de dança, desenvolveu um trabalho de consciência corporal para mulheres que sofreram violência doméstica e aprendeu a fazer e usar turbantes. Depois de uma temporada na África do Sul, retornou ao Brasil cheia de tecidos na mala e pronta para lançar sua própria marca de turbantes, a Crowns of Nyanga, que além de resgatar suas origens afro-descendentes, a ajudava a se reconectar com sua força, beleza e riqueza cultural. Há pouco tempo, Luna conheceu Vanessa (que trabalha como visual merchandiser na Bloomingdale’s) pela internet, uma americana com muitos sonhos e projetos em comum. Não demorou muito pra que a dupla unisse os turbantes a uma outra ideia e desse início ao Project •Tribe•, uma plataforma online de empoderamento feminino, uma espécie de corrente do bem, cuja missão é reunir mulheres inspiradoras e encorajá-las a valorizar sua beleza, histórias e trabalhos.(…)”  – Fonte: Página Mulheres que Inspiram

“Apesar da formação como publicitária, Zizi trabalhou somente 3 anos na área, pois sentia que aquele não era o seu caminho. ‘Meu primeiro emprego foi em uma ONG, único lugar onde julguei que meu trabalho contribuiria pra um mundo melhor. Ainda assim, sentia que faltava muito das minhas paixões no meu trabalho. Foi aí que surgiu o blog ‘Das Coisinhas’, pra compartilhar o melhor de mim e do que eu fazia no meu tempo livre. Em 2013, lancei a Toda Coisinha com um baixo investimento, mas muito amor e vontade de fazer acontecer. Saí do emprego na ONG e comecei a me dedicar em tempo integral a fazer coisinhas cheias de carinho pras pessoas’. A Toda Coisinha é uma loja virtual de produtos feitos por Zizi e outros selecionados a partir de uma curadoria super cuidadosa. ” – Fonte: Página Mulheres que Inspiram

“Thais Senna chegou a trabalhar num escritório de advocacia em SP e, apesar de gostar da área, encontrou no Vamos Receber um grande desafio e decidiu perseguir o sonho de fazê-lo dar certo. ‘Tudo começou no Instagram. Meu marido sugeriu que criássemos um perfil pra postar as fotos das mesas que eu montava pra receber amigos. Com os comentários e dúvidas que recebíamos, comecei a perceber que poderia fazer a diferença ajudando as pessoas a escolher e combinar peças, decorar a mesa com flores e até montar o cardápio’. Cerca de um ano depois, o hobby virou trabalho sério e o site surgiu pra apresentar com mais detalhes tudo que envolve a atmosfera leve e agradável do bem receber.” – Fonte: Página Mulheres que Inspiram

As entrevistas do Mulheres que Inspiram deram tão certo que a Priscilla também começou a organizar encontros e workshops. Os eventos buscam aproximar mulheres empreendedoras a compartilharem conhecimentos e promoverem a troca de contatos e aprendizados. Para saber mais sobre a Priscilla e o Mulheres que Inspiram, assista ao vídeo abaixo:

Confira outras histórias de belas mulheres na página e no Instagram do projeto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s