Home

Em novembro, conversamos com o empreendedor social e apaixonado por educação Leonardo Capel. Ele é de Curitiba, tem 23 anos, se formou em Administração de Empresas e fez cursos nas áreas de criatividade e inovação. Com o desejo de contribuir para melhorar a educação nas escolas públicas do Brasil, o Leonardo criou um negócio que está conquistando muita gente a cada dia. Além de se dedicar para o seu projeto, ele adora ler e se diverte jogando futebol, vendo filmes e seriados e ainda sobra tempo para correr e meditar! Conheça mais sobre a A+ Educação e sobre o Leonardo a seguir:

20P20T: O que é a A+ Educação?

Leonardo: A A+ Educação é uma plataforma que auxilia no financiamento de projetos de professores de escolas públicas. Professores de todos os cantos do Brasil cadastram gratuitamente em nosso site quais recursos eles precisam para tornar suas aulas ainda mais incríveis. Os pedidos variam, desde livros para uma aula de literatura, ingressos de um museu para uma aula de história, até lâminas de microscópio para uma aula de biologia. Qualquer recurso que impacte de forma positiva a aula dos alunos é válido.

Após o projeto ser ativado em nosso site, os doadores podem navegar e contribuir a partir de R$10,00 com os projetos que mais os inspiram. Quando um projeto atinge a sua meta de financiamento, nós entregamos os materiais diretamente na escola. O doador recebe no mínimo 6 fotos do projeto, uma carta de agradecimento escrita pelo professor e um relatório de custos mostrando como cada real foi gasto.

Além das pessoas físicas, empresas de todos os portes também podem contribuir através de parcerias e patrocínios. Os seus benefícios são personalizados de acordo com o segmento e o tamanho da empresa.

20P20T: Como a ideia do negócio surgiu? 

Leonardo: Minhas duas tias e minha mãe eram professoras, cada uma dava aula em escolas diferentes (públicas e privadas). Eu cresci vendo e escutando as diferenças desses dois modelos e as dificuldades que os professores tinham em elaborar uma aula diferente para seus alunos – muitas vezes até uma aula básica nas escolas públicas. Após ingressar na faculdade (UFPR) comecei a ter contato com alguns movimentos estudantis que foram despertando meu desejo de empreender socialmente, como o Movimento Empresa Júnior, o Movimento Choice e a AIESEC, e o tema Educação sempre brilhava meus olhos nas conversas e eventos que tínhamos. Foi também nesses movimentos que eu tive contato com plataformas de financiamento coletivo. Acredito que a ideia surgiu da mistura de todas essas experiências que eu vivi, todas elas contribuíram para que eu chegasse na ideia de uma plataforma de financiamento coletivo voltada exclusivamente para educação. Quando reunimos nossas paixões com as experiências que tivemos acabamos criando coisas incríveis!

O Leonardo no evento Choice UP, realizado pela Artemísia, que contou com mais de 20 negócios de impacto social. Ele foi escolhido pelos empreendedores como melhor Pitch apresentando a A+ Educação.

20P20T: Por que você decidiu criar a A+ Educação?

Leonardo: Na escola, em geral, todos tivemos uma aula, uma atividade, um passeio ou um professor que marcaram e que até auxiliaram nos caminhos que seguimos. Agora, imagine que isso fosse tirado de você, que você não fosse mais naquele museu porque a escola não tem um ônibus ou recursos para comprar o ingresso, ou que você não pudesse mais jogar futebol, pois a escola não tem bolas ou sequer quadra de esportes. Imagine quantos atletas, cientistas, engenheiros, advogados, médicos e professores podem não surgir devido a escola não ter recursos para mostrar esses caminhos. É por isso que devemos investir juntos para fornecer ferramentas para que os professores consigam tornar suas aulas ainda mais interessantes, com isso conseguiremos impactar positivamente as escolas e a vida de milhares de alunos. 

20P20T: O que te inspira na A+? O que te mantém energizado para seguir em frente e conquistar cada vez mais colaboradores para os projetos?

Leonardo: Existem duas coisas na A+ que me inspiram muito e me fazem continuar. A primeira é o brilho e a gratidão dos professores após conhecerem nosso trabalho e terem seus projetos financiados, eles sentem que não estão sozinhos nessa caminhada e que existem pessoas que valorizam o que eles fazem. Essa alegria de ver eles retomando o sentimento que fez eles seguirem essa carreira tão linda é muito gratificante. A segunda é a vontade de mudar e ajudar que as pessoas têm. Elas não estão mais acomodadas, elas querem mudar, e melhor, elas querem ser parte da mudança. Essa disposição de uma pessoa, por exemplo, do Maranhão que nunca nos viu, mas acredita no nosso trabalho e colabora de alguma forma é incrível!

20P20T: Como é a sua rotina? Você tem outras atividades além da A+?

Leonardo: Dentro da minha rotina busco me dedicar a saúde e aos estudos, intercalando durante o dia a corrida e a meditação. Busco também estudar temas que sempre gostei mas nunca consegui focar, como criatividade, futurismo, poker e marketing digital. E grande parte do meu dia é relacionado às atividades da A+, como visitar escolas, planejar eventos, relacionar-me com os professores, responder e-mails, desenvolver novos produtos e participar de reuniões. Busco me encontrar com amigos e familiares com mais frequência do que fazia antigamente. Atualmente, estou elaborando um curso sobre Criatividade, ainda está na fase inicial, mas acho que vem várias coisas boas por aí.

Empreender dá a possibilidade de você montar uma rotina mais flexível de acordo com aquilo que você acredita. Na A+  acreditamos muito que se você estiver bem física, emocional e mentalmente, conseguirá render muito mais. Antes de ter um novo colaborador, tentamos entender quais são seus objetivos futuros. A ideia é ajudar ele a crescer como pessoa e profissional, enquanto ele ajuda a empresa. Por isso, temos metas pessoais que têm o mesmo peso que as metas da organização na avaliação de desempenho. Além disso, trabalhamos gerindo tarefas e não o tempo, isso favorece a ter uma agenda mais flexível e se organizar de acordo com o que acreditamos.

20P20T: Desde a criação da A+, quais descobertas ou surpresas ela lhe proporcionou?

Leonardo: A maior descoberta é que existem muitas pessoas no Brasil que estão transformando a realidade do país, seja na educação, na saúde, na inclusão social, na política ou em qualquer outra área. O que os jornais passam para as pessoas, nos dá a sensação de que tudo é negativo e não existe solução. Mas, existem vários projetos e pessoas fazendo coisas incríveis nas mais diversas áreas, e a A+ me deu a possibilidade de conhecer e virar amigo delas. Sou muito grato a isso.

Leonardo com Fernando Granato (que já entrevistamos por aqui) e Thays Beleze, na gravação do quadro “Você no Mundo” para a RPC TV – afiliada à Rede Globo. A matéria, sobre educação, pode ser vista na íntegra aqui.

20P20T: Com o site no ar, os projetos acontecendo e a A+ cada vez mais conquistando o público, pode-se dizer que já valeu a pena? 

Leonardo: Nós da A+ acreditamos que nós só vamos conseguir transformar a educação do país juntos: A+, professores, alunos, comunidade, pessoas e empresas. Ver a mobilização diária de todos esses agentes se dedicando de alguma forma a favor daquilo que eles acreditam é muito gratificante, acredito que valeu a pena desde o primeiro dia e vai continuar valendo enquanto existirem pessoas dispostas a fazer algo a mais pelo país.

20P20T: Você teve que abrir mão de alguma coisa para fazer o que gosta?

Leonardo: Empreender é uma montanha-russa emocional, tem dias que você está super motivado e tem dias que você vai se perguntar o que você está fazendo, então a gente acaba abrindo mão da nossa sanidade um pouco, hahaha… Empreender também me fez abrir mão de coisas como o salário e o glamour de uma multinacional. Além de ter feito eu ganhar alguns olhares de louco por parte da família e amigos. Mas todas as nossas escolhas serão acompanhadas de privações e julgamentos, não existe certo ou errado. Você tem que buscar se conhecer e ir atrás daquilo que você deseja.

Os fundadores da A+ Educação, da esquerda para direita: Fábio Friedrich, Leonardo Capel e Gabriel Machado.

20P20T: Como você imagina o futuro da nossa educação e qual papel os jovens podem ter para desenvolvê-la cada vez mais em nosso país?

Leonardo: Atualmente, estamos vivendo uma mudança de era, na qual a tecnologia é quem está ditando um novo cenário mundial. Porém, a educação não está evoluindo na mesma velocidade, o modelo de ensino não acompanha as habilidades que os alunos e a sala de aula demandam. Eu acredito que o futuro da educação passará por uma mudança no currículo, preparando os alunos para vida e não somente para o vestibular, uma educação que trate sobre temas como saúde, finanças, empreendedorismo, carreira, constituição, artes, relacionamento interpessoal e autoconhecimento. Passará por uma mudança de estrutura, com salas de aulas conectadas, disciplinas interagindo entre si. Passará por uma mudança de relações, o professor será valorizado, os pais e a comunidade se aproximarão da sala de aula e será algo muito mais colaborativo.

Porém, essas mudanças não acontecerão de um dia pro outro, a revolução da educação se dará um dia de cada vez com várias pessoas trabalhando para crescermos, e os jovens tem um papel fundamental nisso. Quando falamos em trabalhar com educação não existe concorrência, pois todos querem a mesma coisa, um país melhor. A abrangência da educação é enorme e quanto mais pessoas envolvidas melhor será o resultado.

20P20T: Dar uma contribuição para a sociedade através do trabalho é algo que os jovens têm buscado em suas carreiras. Qual dica você dá para aqueles que desejam atuar no terceiro setor?

Leonardo: Eu acho que a dica, independente do setor que escolhermos trabalhar, é começar. Hoje temos muito medo do futuro e estamos cheios de caminhos para escolher, que muitas vezes são os caminhos que a sociedade, nossa família e amigos desejam, mesmo sem a gente perceber. Você dar o primeiro passo e começar a fazer o que acredita é fundamental. Comece algo em qualquer lugar e várias coisas vão começar a surgir, é impressionante. O primeiro passo é um dos mais difíceis, mas mesmo ele dando a impressão de que nada mudou, as coisas mudaram. Um passo de cada vez, você estará mais perto daquilo que deseja. Comece!

20P20T: Quais são os seus planos e da A+ para o futuro?

Leonardo: A A+ tem como missão construir junto com a sociedade uma educação melhor para o país, esperamos nos próximos 3 anos impactar mais de 100 mil alunos em todos os estados do Brasil, isso envolve expansão da equipe, desenvolvimento do programa de voluntariado, entre diversos grandes objetivos. Acreditamos que não será fácil, mas que juntos conseguiremos. Sobre os meus planos, durante os próximos 3 anos pretendo ficar frente a A+ trabalhando nesse sonho de transformar a educação do país, e desenvolver algumas ideias.

20P20T: Para você, o que é fazer o que se ama?

Leonardo: Eu acredito que nós temos várias paixões na vida e que é possível viver de todas elas. Atualmente, estou vivendo a educação e confesso que é algo muito prazeroso, a liberdade de criar coisas, de fazer o que se acredita com quem acredita e ver as coisas fluírem e crescerem é muito gratificante. Parece que no meio de milhões de coisas para se fazer, sempre sobra mais tempo, mais alegria, mais amor. Acho que empreender é um pouco disso (mas não é fácil, haha).

Startup A+ Educação - Entrevista com Leonardo Capel

Para acompanhar a A+ Educação acesse o site e conheça a página no Facebook. Para entrar em contato com a equipe incrível que está por trás deste negócio, envie um e-mail para: contato@amaiseducacao.org 😀

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s