Home

Na última sexta-feira, assisti a palestra do Tom Veiga no Festival UPX, na Universidade Positivo. O tempo foi curto, mas suficiente para encantar toda a plateia e trazer inspiração de sobra!

Tom tem 34 anos, é curitibano e começou a sua carreira como diagramador em uma Editora. Lá, apesar de jovem, se encantou pelo trabalho de um colega, designer, e decidiu que seguiria a profissão.  Já maduro, Tom começou a trabalhar em agências digitais até que se tornar diretor de arte. Adorava aquele universo, mas depois de 8 anos no segmento, percebeu que a rotina e o ambiente começaram a bloquear a sua criatividade. Ele passou a ter as suas melhores ideias em casa, brincando com os filhos, conversando com amigos e em diversos momentos de descontração. Naquele momento, quando a produção era maior em casa do que no trabalho, decidiu que podia seguir o seu sonho: ser artista.

Em 2012, Tom saiu da agência e inspirado pelas ondas, suas cores, formas e movimentos, começou a desenhar e pintar, fazendo aquilo que tinha real significado para ele.

“DEUS ESTAVA MUITO INSPIRADO QUANDO CRIOU O MAR E PROJETOU AS ONDAS, TUDO MUITO PERFEITO, CADA ONDA TEM UMA FORMA, UMA COR, UMA CARACTERÍSTICA ÚNICA, E TUDO ISSO ME INSPIROU A REFLETIR ESSA BELEZA DO MAR E DAS ONDAS ATRAVÉS DO DESIGN.”

Naquele momento, outro sonho foi realizado: morar na praia. Tom se mudou com a sua família para Garopaba, Santa Catarina, e as inspirações para suas criações surgiam ainda mais. O trabalho dele fez tanto sucesso que ele acabou assinando projetos com marcas de surf como Billabong, Reef, Globe, Havaianas e Mormaii, onde atualmente trabalha. Assim, a sua arte começou a aparecer em troféus de competições de surf, pranchas, skates, linhas de surfwear, tênis, capas de revista, chinelos e telas, é claro.

Além de falar sobre a carreira, Tom também deu excelentes dicas para estimular a criatividade, como: divertir-se, caminhar, conhecer pessoas e trabalhos diferentes, estar sempre com papel e lápis (nunca se sabe quando pode surgir uma boa ideia) e mostrar o seu trabalho para o mundo usando as redes sociais.

Tom, humilde e divertido, conta que quando emagrecer irá aprender a surfar. Por enquanto, continua transmitindo o seu amor pelo mar e pelas ondas através de seu trabalho – ou seria vocação? Para finalizar, um gostinho da fala do Tom em um vídeo produzido pela Mormaii:

Esperamos que o Tom Veiga, assim como outras pessoas e projetos que postamos por aqui, sirvam de inspiração para que você possa encontrar as suas verdadeiras paixões e seguir pelo caminho que acredita 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s