Home

O mês de outubro começou a todo o vapor! Muita coisa legal surgiu por aí nessa semana e, como de costume, não podia deixar de comentar o que brilhou meus olhos! Bora conferir os destaques dos últimos dias?

Você está confortável com você?: Em clima de Dia das Crianças, vi no Glück Project uma campanha super bacana do canal Jubilee Project. Eles perguntaram a 50 pessoas sobre o que elas mudariam em seu corpo. A ideia era chamar a atenção para a autoestima e para a autoconsciência. Afinal, em um mundo dominado pelas redes sociais e pela imagem, qual foi a última vez que você se sentiu confortável em sua própria pele? As respostas das crianças e dos adultos é surpreendente!

Como encontrar um mentor?: O projeto Draft citou um texto interessante que saiu no site Fast Company com dicas de profissionais de sucesso para se ter um mentor. Durante a semana, comentava com um colega de trabalho sobre a mentoria, como ela funciona e os benefícios dessa relação. O texto acaba deixando tudo isso bem claro, abordando cada elemento da mentoria nas dicas:

1) Não procure por um cargo, e sim pelo indivíduo por trás dele;

2) Não espere uma relação de intimidade — mentores têm personalidades diferentes;

3) Seja flexível para marcar reuniões – nem todos podem marcar jantares ou coffee breaks;

4) Olhe a redor — pode haver alguém com grande potencial ao seu lado;

5) Não peça conselhos toda hora. Ouça a história dele;

6) Não procure por alguém parecido com você;

7) Esteja pronto para retribuir conhecimento. Mentoria é uma via mão dupla;

8) Nenhum mentor pode te salvar, portanto não busque mentoria só quando seu negócio vai mal. 

Você também pode assistir este vídeo com mais algumas dicas.

Deixe pra lá o peso dos 30 e poucos: Na última quarta-feira, Ruth Manus arrasou em sua coluna para o Estadão! Entitulado: “E se eu chegar aos 35 sem a vida estar resolvida?”, o texto da Ruth bombou no Facebook. Basicamente, a autora explora as crises existenciais de jovens no auge dos 30 anos, que sofrem por medo de não encontrar alguém para amar e casar, por não ter filhos ou por não ter sucesso na carreira, assim como os nossos pais e avós tinham. Mas, a realidade mudou, o mundo mudou e hoje temos muito mais tempo para pensar, planejar e testar as possibilidades para construir a vida que queremos. Vale a pena cada parágrafo!

“As pessoas fazem 30 e alguns anos e parecem começar a achar que estão automaticamente com a corda no pescoço. Acham que já deveriam ter formado família, já deveriam ter ficado ricos (ou pelo menos construído um bom patrimônio) e resolvido qualquer outro penduricalho da vida. Parece que os 30 deixaram de ser a linha de largada para a vida e passaram a ser uma espécie de reta final, como se os 40 fossem o princípio do fim(…)”

Falsas certezas: Outro texto muito legal que li nos últimos dias foi de uma colega do curso de coaching, a Claudia Lebie. Nessa semana ela passou a fazer parte dos colunistas do site Recalculando a Rota e escreveu o texto “Qual certeza você precisa ter?”. Nele, ela comenta sobre as certezas e apegos que “precisamos” ter na vida, que na verdade se tornam muito pequenos quando os comparamos à nossa essência e aos nossos sonhos. A Claudia tem um projeto super interessante chamado Da boca pra dentro, onde também posta lindos textos e reflexões.

Anúncios

Um pensamento em “Destaques da semana

  1. Pingback: Destaques da semana | 20 E POUCOS 20 E TANTOS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s