Home

Em nosso último workshop, falamos muito sobre propósito. Discutimos com jovens de diferentes idades sobre a importância de ter “algo a mais” para entregar para o mundo. Algo que faça sentido para nós, que seja relevante, desafiador e ao mesmo tempo apaixonante. Você já pensou sobre isso?

Falar de um trabalho com propósito, com significado, é algo comum para a geração Y. Em meu trabalho de conclusão do MBA (SIGNIFICADO DO TRABALHO E GERAÇÃO Y: UMA ANÁLISE DO BLOG 20 E POUCOS, 20 E TANTOS), descobrimos que as histórias dos jovens que publicamos aqui no blog, retratam uma juventude que se sente feliz em um trabalho onde possa realizar-se, ter segurança, autonomia e independência, relacionar-se com os outros e dar sentido à vida. Em todos os relatos de entrevistas é possível encontrar situações, elementos e falas sobre a felicidade e realização dos jovens nas áreas em que atuam. Alguns exemplos:

“Tenho 20 e poucos anos e o privilégio de dizer que trabalho com o que amo.” – B6, 24 anos.

“Hoje a minha principal motivação é fazer o que eu amo. Encontrei uma forma de fazer o jornalismo da maneira que eu acredito. Mesmo tendo que fazer coisas que não gosto, a diferença é que agora eu consigo ver significado no que eu faço.” – B12, 28 anos.

“O legal é que você acaba sendo do tamanho do seu objetivo, você é aquilo que sonha. Eu encontrei o meu objetivo, o meu propósito.” – B11, 24 anos.

Mas, acredito muito que o propósito vai além de um trabalho com significado. Como o último depoimento descreve, o propósito pode abranger outras esferas da vida. Ele pode incluir os nossos objetivos e os nossos talentos, as características mais marcantes que temos e que podemos disponibilizar para o mundo. Uma missão pessoal é a nossa marca, aquilo que todos poderão se lembrar quando já não estivermos mais aqui.

Interessante né? Mas então, como eu posso definir o meu propósito? 

O melhor lugar para procurá-lo é dentro da gente. Quando a gente busca o autoconhecimento, reflete sobre si, sobre o que gostamos de fazer e sobre os nossos objetivos para o futuro, as ideias começam a clarear. Notamos aquilo que acreditamos, compreendemos o sentido de nossos sonhos e percebemos os nossos pontos fortes. Desta forma, abrimos uma porta enorme para construir a nossa missão ou propósito de vida. Talvez ele não apareça de um dia para o outro, mas tenha certeza de que foi iniciada a jornada para construí-lo.

Há aproximadamente 5 anos eu iniciei essa busca. Ouvi pela primeira vez a palavra propósito em uma conferência da AIESEC e me apaixonei perdidamente pelo sentido que ela daria a minha vida. Desde então, comecei a refletir aos poucos sobre qual seria o meu propósito, fazia exercícios de autoconhecimento, participava de cursos, workshops e discutia com amigos e familiares sobre os meus objetivos de vida. Consegui defini-lo verdadeiramente neste ano, em minha formação de coaching. Posso dizer que fiquei muito feliz com o resultado e morro de orgulho da minha missão ❤ Alguns passos simples que utilizei para construí-la foram:

1 – Refletir sobre os meus valores, aquilo que realmente está por trás das decisões que tomo;

2 – Encontrar as minhas características mais marcantes, que eu acredito que me destacam como pessoa e profissional;

3 – Estabelecer ações relevantes que exerço por meio dos pontos fortes que possuo; 

4 – Colocar no papel meus objetivos futuros (pessoais e profissionais);

5 – Escrever uma síntese de todos os pontos anteriores, elaborando a missão.

E agora, que tal colocar no papel tudo o que você tem de bom, para fazer algo que é importante pra você e para o mundo? Para te inspirar mais um pouquinho, assista abaixo o vídeo com o depoimento da Paula Abreu para a websérie #EuSouL:

E, para concluir o texto, compartilho com vocês o meu propósito 🙂

“Ser organizada, sensível e positiva, por meio da minha facilidade em planejar e executar e da minha capacidade de ajudar as pessoas com empatia, sempre vendo o lado bom da vida. Meu objetivo é conquistar uma carreira multifuncional sendo relevante na vida das pessoas.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s