Home

Vivemos na era de inúmeros jovens de sucesso: executivos, empreendedores, blogueiros, escritores, comediantes, cantores e por aí vai… O reconhecimento, o status e a prosperidade na carreira são atributos extremamente valorizados na atualidade, e todos nós queremos chegar lá algum dia. Mas por que parece tão difícil alcançar o sucesso? Será que realmente é essa a vontade que temos? No texto de hoje, mostro alguns fatores que podem estar barrando o seu sucesso e por que você é o único responsável por ele:

1. Comparação

alguem-usa-croscs-rua-dicas-tumblr

Na era das redes sociais, as nossas vidas e a dos outros são avaliadas diariamente. Algumas postagens são espontâneas, mas a grande maioria delas é “pensada” para causar uma boa impressão e aparentar felicidade. É por esse motivo que você, ao abrir o Facebook ou o Instagram, não deve se lamentar por não estar de férias nas Bahamas, fazendo um trabalho voluntário, curtindo um passeio com o namorado (a) ou exibindo um corpo sarado. Existem coisas que podem não ter nada a ver com a sua personalidade ou com os seus reais desejos. Cada um está em sua jornada e se comparar com os outros não trará nenhum benefício, somente o sentimento de inferioridade ou infelicidade. Que tal se comparar com você mesmo há um ano? O que você fez nesse período? Quais foram os seus aprendizados mais importantes?

2. Ressaca de expectativas

ressaca

Recebemos toda a educação, formação e preparo necessários para sermos excelentes em nossas profissões. Nossas famílias sempre nos apoiaram em tudo o que quisemos fazer, afinal, os cursos, hobbies e intercâmbios serviriam para uma carreira de sucesso. E aí nos deparamos com a realidade da vida, percebemos que não é tão fácil assim conseguir aquele emprego dos sonhos, a independência ou o relacionamento perfeito. É nesse momento que a ressaca de expectativas surge, aquela sensação de cansaço, entrega e sentimento de inutilidade. Ficamos travados, com dificuldade para tomar decisões, para criar e enxergar as oportunidades. Mas, entregar-se à situação não resolverá nada. Uma boa forma de descobrir as causas da sua ressaca de expectativas é fazer uma lista com todas elas. Escreva tudo aquilo que você e outras pessoas esperam de sua carreira e também da sua vida pessoal. Depois, tente identificar quais expectativas são verdadeiras e podem ser alcançadas e quais não fazem sentido algum. Com isso, ficará muito mais fácil traçar os seus planos e correr atrás deles.

3. Arrependimentos do passado

arrependimentos

Devemos nos sentir gratos pelo o que somos, aprendemos e conquistamos. Isso também inclui sentir orgulho dos nossos erros, fracassos, problemas e dificuldades, já que eles são grandes fontes de aprendizado. Sabe aquele namoro que não deu certo? Aquele trabalho que não tinha nada a ver com você? Aquele fiasco que você se arrepende amargamente? Agradeça imensamente por eles terem ocorrido em sua vida. Aposto que foi exatamente nesses momentos em que você conseguiu perceber quem são as pessoas que estão ao seu lado quando você realmente precisa. Tenha gratidão por ser quem você é, com todas as suas qualidades e defeitos.

4. Viver o sucesso dos outros

sucesso do outro

Na maioria das vezes, vivemos o sucesso dos outros ou aquele conceito relacionado à riqueza e poder. Mas, o que é sucesso para você? Por que não criar a sua própria definição? Assim, os seus objetivos ficarão mais claros e você poderá definir aquilo que é fundamental para a sua vida. Um exercício legal que a Paula Abreu comenta em seu livro, o Escolha sua Vida, é escrever um conceito ou fazer uma lista com aqueles itens que você considera importantes para o sucesso. Saber qual é o estilo de vida que você quer ter em seu futuro também pode ajudar nesta etapa. Se para você a saúde é indispensável, uma rotina de exercícios e uma alimentação balanceada podem ser alguns fatores do seu sucesso. Se você considera imprescindível estar próximo de quem ama, viver ou trabalhar próximo de sua família também podem estar na sua lista.

5. Decisões inseguras

aaaah

Fique bem com as suas decisões, sejam elas relacionadas aos amores, amizades, carreira, viagens ou finanças. Lembre-se que você não precisa impressionar ou ter a aprovação de alguém, a não ser que este alguém seja você mesmo. Tenha experiências autênticas, viva mais aquilo que você acredita. Tenha certeza de que aqueles que realmente gostam de você uma hora ou outra vão compreender e apoiar as suas escolhas. Para inspirar, assista o depoimento do Amyr Klink e boa sorte em suas próximas decisões!

Obs: Este texto foi postado por mim no dia 31 de julho de 2014 no site Uma boa dose e fiz algumas adaptações para postar ele aqui 😉 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s