Home

Hoje é o dia de contar a história do Bruno, que tem 20 e tantos anos e descobriu as suas paixões na prática, por meio de diferentes experiências. Escutar ele falando sobre os seus interesses e motivações é como “música” para os ouvidos.  Seu sorriso deixa evidente a felicidade em relação às suas escolhas profissionais.

Passageiro Disney

“O que mais gosto é quando termino um grande projeto, o resultado sempre traz satisfação e realização. Imagino que é como um arquiteto se sente quando vê a sua casa pronta, sabe?” – Bruno Beatriz

A escolha da profissão foi difícil e feita meio que às escuras… Ele sempre gostou muito das áreas criativas como música, artes e fotografia, mas sua principal dúvida era se cursava Publicidade e Propaganda ou Direito. O seu irmão havia se formado em Direito e gostava muito da profissão. Além disso, a carreira de advogado parecia ter mais estabilidade financeira. E foi assim, com poucas informações disponíveis, que o Bruno optou pelo Direito.

juramento oab com irmão advogado

O juramento da OAB foi com o irmão, também advogado! 🙂

Para pagar a faculdade, ele começou a trabalhar desde o início do curso. Nesta época, o Bruno fez diversos estágios: primeiro em um escritório, depois passou para um órgão público, voltou para outro escritório, passou por uma montadora e, por último, foi para uma grande empresa. Todas estas experiências foram importantes – trouxeram muitos aprendizados, mas também algumas dificuldades. Em um dos estágios foi preciso suportar uma gestão agressiva e a alta pressão por resultados. Bruno estava sujeito à uma liderança bastante negativa e desrespeitosa, mas como ele precisava do emprego e não contemplava muitas alternativas no momento, era preciso seguir em frente e entregar o melhor trabalho possível.

Familia Coxa

O Bruno dá muito valor para as pessoas com quem se relaciona. A sua família é a sua maior inspiração.

Apesar de ter escolhido o Direito sem muitas informações disponíveis, estava claro para o Bruno que ele precisava testar: ele só iria descobrir se era aquilo que o motivava se tivesse experiências práticas que pudessem sustentar a sua escolha. Os seus últimos estágios foram os mais decisivos para a sua carreira. Na montadora, o departamento jurídico promovia job rotations internas, o que permitiu ao Bruno aprender um pouco de tudo. E foi lá, trabalhando com contratos, que o Bruno teve a certeza de que estava no caminho certo. Depois, o Bruno trabalhou por 3 anos em uma grande empresa, na qual ele deixou de ser estagiário e passou a assumir maiores responsabilidades como efetivo.

formatura JUL.2011

Bruno com o seu pai e o seu irmão na sua formatura.

No início de 2013, mais uma mudança: através do convite de um amigo, surgiu uma oportunidade de trabalho ainda mais desafiadora – um escritório de grande porte, com clientes exigentes e de perfil diverso. Ele precisaria trabalhar sob pressão e abrir mão de um lugar que já amava.

Mesmo com todos os desafios pela frente, ele decidiu aceitar a proposta e começou a trabalhar na Andersen Ballão Advocacia. Desde então, o aprendizado tem sido intenso e os resultados profissionais têm aparecido rápido. A atividade que mais lhe interessa é emitir um parecer sobre algum caso pelo o qual é responsável. Para isso ele precisa ler o caso, estudar, dar a sua opinião, fundamentar o seu ponto de vista e transmitir segurança para os seus gestores e para os clientes a cerca da argumentação oferecida.

1013273_10200849398529674_1161136352_n

Os seus amigos também são parte essencial na sua vida, assim como a música.

Outra paixão do Bruno é a bateria. Ele aprendeu a tocar quando tinha 10 anos e as suas primeiras apresentações foram na igreja que frequentava com os seus pais. Ele gostou tanto que nunca mais parou. Depois de participar de algumas bandas, hoje ele é o baterista da banda Funky Calamari.

Funky @ Sláinte

Bruno em uma das apresentações feitas com a banda Funky Calamari.

Ele também adora tocar com diferentes amigos – aonde chamam ele vai! Além de hobby, a bateria é uma grande satisfação pessoal. No mês de outubro de 2013 ele tocou para o seu maior público, cerca de 6 mil pessoas. Segundo o Bruno, a sensação foi indescritível e do palco ele pôde sentir como é ser um músico famoso. No vídeo abaixo dá para ter uma ideia de como foi o show:

Além de advogado e baterista, o Bruno também adora a Disney! O interesse vem desde pequeno, já que o seu pai também é um fã. Depois de trabalhar lá pela primeira vez em 2008, no período das férias da faculdade, ele gostou ainda mais. A sua paixão é tamanha, que ele acaba trabalhando também nas suas férias! Assim, desde 2010 ele vai para lá como guia turístico. O que não é tão complicado para quem já conhece tão bem o lugar.

Manta

Aí está o Bruno com os passageiros em uma montanha-russa!

Para o futuro, o Bruno pensa em voltar para uma empresa como gestor (já que ele gostou bastante da sua experiência no mundo corporativo) ou então investir e abrir o próprio negócio, como um escritório de advocacia. Independente do caminho, ele tem certeza do que não pode faltar: continuar gostando do que se faz e ter muita paciência.

E você, qual é seu plano para o futuro? Já reparou que as suas experiências passadas são um ótimo indicador do que te faz feliz e podem dar uma pista de qual caminho seguir?

050b6f16ed0c11e28d2722000a1f8fa0_7

Bruno, desejamos muita felicidade e sucesso para você,  como advogado, baterista, guia na Disney e em todos os seus sonhos! Obrigada por compartilhar a sua história com a gente 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s